Publicidade

Moradores do Recanto Verde querem asfalto

A equipe do blog esteve na manhã desta quinta-feira (21) na comunidade Recanto Verde, zona rural de São Luís. Mais uma que convive com diversos problemas, principalmente na área de infraestrutura.

Vias como a Rua e Travessa do Fio, Rua do Campo e outras estão sem qualquer condição de tráfego.

Moradores conversam com equipe do blog

A aposentada Raimunda Costa Silva, mais conhecida como Mundoca, lamenta a situação, e relata as dificuldades enfrentadas todas as vezes que sai de casa.  Sem a ajuda de amigos e vizinhos, é quase impossível para a idosa andar nas ruas.

“Eu resido aqui na rua do Fio há mais de 15 anos, mas pra cá nunca veio benefício. Quando vem a chuva, aqui fica horrível. É o maior sacrifício pra a gente caminhar. Se a chuva for grande entra (em casa) e sai deteriorando tudo”, relatou a aposentada.

Para sair de casa, dona Mundoca tem que fazer muito esforço e contar com a  ajuda de vizinhos

Além da dona Mundoca, outra moradora que sofre com a falta de estrutura nas vias é a senhora Terezinha de Jesus, que também tem dificuldades de mobilidade.

Ela reside na Travessa do Fio há pelo menos 12 anos e disse que quando chove não consegue sair de casa.

“Eu sou deficiente da minha perna e quando chove aí eu não posso atravessar”, contou ela.

O lixo e esgoto a céu aberto estão espalhados por todo lado o ano inteiro, mas é o período chuvoso que mais preocupa os moradores.

Quem tem asfalto em sua porta se comove com a situação dos demais, é o caso da dona de casa Maria Lúcia Bastos, que inclusive chegou a cair nos trechos abandonados.

“Eu espero que as autoridades competentes olhem pra eles, pois também merecem pisar num lugar digno”, apelou a moradora.

O principal acesso que os moradores tém a Vila Itamar, onde há feira e alguns comércios, representa um risco para os populares.

Além do trecho ser bastante acidentado, montanhas de lixo se formam em seu entorno e água das chuvas oferece risco ao correr livremente por trás das casas.

Veja mais imagens:

Os moradores esperam que com a denúncia enfim seja tomada algum atitude pelo poder público.

Busca