Prefeitura de São Luís

Moradores de Duque Bacelar fazem manifestação após ex-aluno ameaçar e abusar de professora

A vítima, Simone Furtado

Um caso de abuso sexual contra uma professora causou revolta em moradores do município de Duque Bacelar, região leste do Maranhão, distante cerca de 350 km da Capital.  Segundo a professora Simone Furtado, um ex-aluno a ameaçou com uma arma e ejaculou em seu rosto.

A educadora procurou a polícia e registrou um Boletim de Ocorrência (BO), onde narrou que caminhava pela manhã perto de um açude quando foi abordada pelo adolescente de 17 anos, armado e com o rosto coberto. A Polícia chegou a levá-lo para a Delegacia de Coelho Neto, onde após ouvido foi liberado.

“Ele está solto no momento, pode fazer com qualquer um porque falam que ele anda se vangloriando por conta da situação que fez e faria de novo. Espero que não pare por aqui. Aliás, não vai parar porque eu vou correr atrás de justiça”, disse a professora, ainda em choque.

 Simone relata ainda que o ex-aluno já tinha praticado casos de assédio na escola.

Revoltados com a total ausência de punição, populares saíram às ruas na manhã da última terça-feira, 06, empunhando cartazes onde exigiam justiça.

“Não é o primeiro ato, mas essa foi a primeira guerreira que teve coragem de denunciar, se expor para a comunidade. Nós compramos a briga dela. Estamos aqui e não vamos parar. Esse é o primeiro momento somente”, disse a professora Ednilda Moraes.

 

 

Radialista e Jornalista, Professor de Comunicação e Oratória, Locutor Publicitário e Apresentador de TV
Busca
Rádio Timbira Ao Vivo
Facebook