Publicidade

Maranhão tem 40 frentes de trabalho simultâneas para recuperar rodovias

 

Com o Maranhão mapeado em 11 grandes regionais – Itapecuru, Imperatriz, Grajaú, Bacabal, Balsas, Caxias, Colinas, Pinheiros, Santa Inês, Santa Quitéria e Grande Ilha – que interligam os demais municípios, a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) está trabalhando em 40 operações, simultaneamente, para recuperação de rodovias em todo o estado.

Em entrevista na manhã desta quarta-feira (24), ao jornalista Jeisael Marx, no programa ‘Na Hora D’ da TV Difusora, o secretário da Sinfra, Clayton Noleto, disse que a aplicação dos recursos para as rodovias maranhenses seguirá em uma linha crescente. “Construímos mais de mil quilômetros da rodovia, e estamos com novas licitações em andamento, a prioridade este ano é continuar reforçando os investimentos em manutenção e conservação das rodovias”, disse.

Mesmo com um período intenso de chuvas no Maranhão, um fenômeno que não era vivido há mais de dez anos nos municípios maranhenses, a Sinfra segue atuante para garantir a trafegabilidade nas rodovias. “O compromisso do governador Flávio Dino e da nossa equipe é de enfrentar e garantir que nenhuma rodovia se torne intrafegável. Por isso, nossas equipes estão trabalhando diuturnamente em todas as regiões”, comentou.

Questionado pelo jornalista sobre quais os maiores desafios para trabalhar durante esse período chuvoso, o secretário explicou sobre os serviços de drenagem e de como as equipes trabalham interligadas para que os serviços sejam feitos de maneira rápida.

“Em termos gerais, o grande desafio é o trabalho feito com os dispositivos de drenagem, para evitar que a água ultrapasse o pavimento. A água é inimiga de asfalto, e é justamente isso que faz com que apareçam algumas inconformidades”, explicou.

Durante a entrevista, Clayton Noleto reforçou que as equipes estão atuando na manutenção de trechos das rodovias maranhenses como na MA-014 de Vitoria do Mearim, Pinheiro até Governador Nunes Freire.

Outro desafio enfrentado nessa região é trabalhar para evitar que os açudes que estão na faixa de domínio da rodovia não transbordem. As equipes já identificaram pontos de reforço para drenagem nessas áreas da MA-014, onde uma boa parte aconteceu devido o grande volume de chuvas.

“Temos feito trabalhos de conscientização, orientação e notificação para que situações assim não ocorram novamente. Após o período chuvoso, vamos intensificar o reforço nos dispositivos de drenagem nas diversas regiões do estado”, garantiu o secretário.

Já na regional de Gurupi, os pontos críticos apresentados exigem o esforço das equipes, além de continuar o trabalho permanente em vários municípios, bem como na MA-006 de Tasso Fragoso até Balsas, que está com o financiamento para reconstrução do trecho em fase avançada. Ainda esta semana, o secretário Clayton Noleto tem agenda prevista na Região Tocantina para falar sobre os investimentos do Governo do Estado na região.

Radialista e Jornalista, Professor de Comunicação e Oratória, Locutor Publicitário e Apresentador de TV
Busca
Rádio Timbira Ao Vivo
Facebook