Publicidade

Maranhão é destaque no maior evento de carros antigos da América Latina

Depois de rodar exatamente 3.276 quilômetros à bordo de quatro Fuscas e um Fiat 147, durante 4 dias, integrantes da Associação Maranhense de Veículos Antigos – AMAVA chegaram, quinta-feira (01), à cidade de Campos do Jordão, em São Paulo, para o 19º Encontro Paulista de Autos Antigos, considerado o maior evento do gênero da América Latina.

Maranhenses chegam à Campos do Jordão

No evento de premiação, sábado (03), os maranhenses receberam das mãos do prefeito da cidade, Fred Guidoni (PSDB), o troféu Destaque do evento como a caravana mais distante. Ao todo, mais de 50 maranhenses prestigiaram o Encontro e foram aplaudidos de pé por todo o auditório formado por pessoas de todo o Brasil, no Convention Center – Espaço Doria.

Além do troféu Destaque, a AMAVA abocanhou mais um prêmio através o seu sócio Waldir Pires, que teve seu fusca 1973 premiado como um belíssimo exemplar da indústria automobilística nacional, na categoria de carros até 1974.

Waldir, Jeisael, Pablo, Hélio e Fernando exibem os troféus

Apesar de não receber nenhum apoio ou patrocínio público ou privado, os maranhenses se orgulham de poder levar o nome do Maranhão Brasil à fora. O Presidente da AMAVA, Ariomar Souza, lembra que até fora do Brasil a AMAVA esteve presente representando o estado. “Já estivemos até na Argentina, como maranhenses representando o nordeste e o Brasil, estivemos em vários outros eventos aqui (no Brasil) e sempre levando o nome do Maranhão. Portanto, nos sentimos orgulhosos com a homenagem que recebemos agora em Campos do Jordão”, afirma sorridente Ariomar.

A aventura dos antigomobilistas pode ser vista em fotos publicadas no site www.amavama.com.br ou no https://www.facebook.com/amavama.

 

 

 

Busca