Publicidade

Maior evento de carro antigo do Nordeste acontece em São Luís novamente

O evento acontece entre os dias


O evento acontece entre os dias 30 e 1º de novembro no estacionamento do São Luís Shopping.

Para muita gente, um carro pode ser considerado apenas um meio de transporte, que, com o passar do tempo, deve ser trocado. Porém, para outro tipo de gente, quanto mais o tempo passa, mais valor tem os seus automóveis. Alguns carros, quanto mais antigos, imponentes. E o valor dessas relíquias não é só pelo valor histórico, mas também pelo valor sentimental que carregam.

É justamente para mostrar a importância desses automóveis, que a Associação Maranhense de Veículos Antigos (AMAVA) está realizando o XI Encontro Nordeste de Veículos Antigos. O evento, iniciado nesta sexta-feira (30), se estenderá até o próximo domingo (1), no estacionamento do São Luís Shopping.

20151030170636

A exposição, pela segunda vez realizada na capital maranhense, conta com mais de 160 veículos dos mais diversos modelos e épocas, vindos de todos os estados do nordeste. O evento faz parte do calendário nacional da FBVA – Federação Brasileira de veículos Antigos.

Amante dos carros antigos, Ariomar Sousa, presidente da Amava e integrante da associação desde 2006, diz que a exposição serve como um momento de confraternização, mas não só para quem coleciona carros antigos, pois a ideia é incentivar as pessoas a conhecerem a história dos automóveis.

“O evento é importante não só para colocar São Luís no roteiro das grandes exposições automobilísticas, serve também como espaço de confraternização para quem ama carros antigos e para quem traz a família e os amigos que têm curiosidade, porque o carro antigo representa a preservação de momentos da história do Brasil”, afirmou.

E história é o que não falta. Hildo Silva  há quase dez anos participa de encontros de automóveis antigos, e, como um amante desses carros, não esconde a admiração que tem pelo seu Opala do ano 1973, que está em exposição. O veículo pertenceu ao sogro de Hildo e está com ele desde que o automóvel foi passado para sua esposa.

20151030170252

O Opala 73 é motivo de orgulho para Hildo Silva.

O professor, porém, desconversa sobre o preço que teria pago no carro, assim como o que foi gasto na reforma, e diz que o que interessa é o valor sentimental do veículo. “Já ouvi muitas propostas para comprar o carro, mas não quero vendê-lo, porque justamente o que faz com que eu goste tanto não só dele como de outros carros antigos é justamente a história que eles carregam, o valor emocional deles”, afirmou.

Mas não são só os colecionadores que não conseguem tirar os olhos dos veículos antigos. Osmar Ribeiro, de 63 anos, é um admirador amador desses automóveis, e afirma que a exposição lhe remete também ao passado e à sua juventude.

“Todos esses carros aqui me fazem lembrar de quando eu era mais novo, e me remete aos anos passados. É muito bonito ver tantos modelos de carros antigos, carros que faziam parte das nossas vidas e, agora, só podem ser vistos nesses eventos”, disse.

20151030170251 (2)

Ele fez questão de trazer seu sobrinho de 10 anos, afirmando que o garoto adora carros e que ficou encantado com os modelos.

“Ele adora carros e está encantado com esses modelos que ele nunca havia visto, me disse até que eu devia comprar um. Queria eu poder comprar um desses”, finalizou, enquanto sorria.

Confira abaixo algumas fotos tiradas pelo blog:

20151030170640

20151030170639 (1) 20151030170251 20151030170639 20151030170251 (1)

Busca