Publicidade

Luís Fernando representado na Justiça por campanha antecipada

Ao arrepio da lei, afrontando os princípios democráticos, utilizando a estrutura do estado, numa clara demonstração de abuso de poder político e financeiro, o secretário-candidato de Roseana Sarney segue em campanha aberta pelo interior do estado com dinheiro público.

Com a desculpa de inaugurar e ordenar obras, Luís Fernando Silva segue em busca de cooptar apoio político e ficar conhecido pelo povo, voando em helicópteros alugados e pagos com o dinheiro do contribuinte. Sem nenhum pudor, blogs alinhados ao projeto de perpetuação de poder do clã Sarney exibem como troféus prefeitos cooptados e imagens que propagandeiam as andanças do “Luís de Roseana e Jorge Murad”.

Confiantes na impunidade, eles 'dão de ombros' para os flagrantes de ilegalidade já expostos na imprensa. Como aconteceu em Lago da Pedra, onde até “showmício” teria sido realizado. Em vídeo postado aqui, o prefeito de Fortaleza dos Nogueiras pede “o voto no 15” e o locutor anuncia “o futuro governador” Luís Fernando, exatamente como se faz em comícios de campanha eleitoral.

Já em Lagoa Grande, Luís Fernando mais uma vez foi flagrado em vídeo, pedindo voto, dizendo “eu quero ser o seu candidato” a um popular que nem sabia quem era o secretário. Ele desce do helicóptero pago com dinheiro público, caminha em direção ao cidadão e até diz “quando alguem lhe perguntar, não fique ai pensando, diga: 'o nome é Luis Fernando.’”

É preciso ensaiar boas desculpas para tentar justificar todas essas ilegalidades, porque deputados de oposição protocolaram no incício da tarde desta terça-feira (11) representação contra Luís Fernando na Procuradoria Geral de Justiça e na Procuradoria Regional Eleitoral.

“Nenhum abuso ficará sem a devida representação feita por nós da oposição.” Alertou o deputado estadual Rubens Jr. ao final do discurso desta terça-feira (11), na Assembleia Legislativa.

Na verdade, são duas representações preparadas pelo bloco parlamentar de oposição contra o secretário estadual de infraestrutura com o objetivo de evitar o abuso de poder político por parte do pré-candidato de Roseana ao governo do estado.

“Se o pré-candidato quer fazer campanha, que não seja com o dinheiro do contribuinte, que não use do cargo indevidamente”, completou o deputado Rubens Jr. “Os abusos terão que acabar. O povo tem que decidir seus governantes no voto, livremente. Utilizar dos cofres públicos estaduais, para potencializar uma candidatura que não cresce nunca. Isso não pode ser permitido”, finalizou.

Se você ainda não viu, veja os vídeos:

 

 

Busca