Publicidade

Luis Fernando passa mais um vexame na “principal base” de Arnaldo Melo

Marrapá

O pré-candidato da oligarquia a governador, Luís Fernando Silva (PMDB), não dá sorte mesmo em suas incursões eleitoreiras pelo interior do Maranhão.

Candidato de Roseana fecha a cara com fracasso de público

Depois do vexame de sua visita a Peritoró, o secretário sentiu na pele a rejeição da população e da classe política em Passagem Franca – a “principal base política” do deputado estadual Arnaldo Melo (PMDB).

Ontem (14), o evento que marcaria o acordo de cavalheiros entre Luís Fernando e o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão foi considerado um verdadeiro fiasco.

Tão comemorada pela imprensa sustentada pelo clã Sarney, a cerimônia de assinatura da ordem de serviço para asfaltamento de alguns metros de ruas no município não reuniu nem 30 pessoas.

Uma dezena de pessoas entediadas com discurso do Picolé de Chuchu

E não foi por falta de convite. Desde segunda-feira (10), o prefeito José Antônio Rodrigues da Silva (PTB) contratou trios elétricos e alugou espaços em rádios a fim de convocar a população para recepcionar o aliado da governadora Roseana Sarney (PMDB).

No entanto, o tiro saiu pela culatra. O secretário chegou por volta das 10:30h na cidade – acompanhado por uma procissão de Amaroks – e não gostou nem um pouco do que viu ao descer do carro.

O constrangimento foi geral e Luís Fernando fez cara de poucos amigos, não demonstrando mais qualquer empolgação para discursar.

Incomodado, um dos aliados de Arnaldo Melo resmungou:

“A Roseana não tinha um nome melhorzinho para escolher, não? Esse daí é ruim demais. Olha só a cara enfadonha dele. É por isso que apelidaram ele de Picolé de Chuchu. Quer um conselho, presidente? Não abra mão de ser o nosso candidato a governador”.

 

Busca