Publicidade

Lei da Ficha Limpa já barrou seis candidaturas no Maranhão

 

A Justiça Eleitoral já barrou até a última sexta-feira (21) seis candidaturas no Maranhão com base na Lei da Ficha Limpa. Entre os impedidos de participar do pleito está o ex-secretário Ricardo Murad, que possuía grande influência na gestão da ex-governadora Roseana Sarney, e que teve a sua candidatura a deputado federal barrada devido a rejeição de contas de Murad no Tribunal de Contas do Estado e pela condenação em  de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) de Coroatá.

Parte das candidaturas ainda tem recurso a ser analisado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o que é o caso de Murad. Dessa forma, ele ainda pode concorre como sub judice. Em casos como o do ex-secretário,  os políticos podem fazer campanha e terão nome, foto e número na urna eletrônica, mas podem enfrentar problemas mais adiante.

A maior parte das candidaturas barradas diziam respeito a vagas de deputado Estadual. Duas eram de deputado federal. Já em relação aos partidos, o PHS foi o partido com a maior quantidade de candidatos impedidos.

Veja abaixo a relação dos candidatos impedidos de participar do pleito este ano:

Biné Figueiredo (PSL) – Deputado Estadual

Henrique Marinhos (PHS) – Deputado Estadual

Ricardo Murad (PRP) – Deputado Federal

Wilma Amorim (PHS) – Deputado Federal

Gordo do Maranhão (PHS) – Deputado Estadual

Jorge Maru (DC) – Deputado Estadual

Busca