Publicidade

Lava Jato: Roseana Sarney deve jogar a culpa no amigo João Abreu

Roseana deve jogar o amigo João Abreu aos leões

Roseana deve jogar o amigo João Abreu aos leões.

Blog do Raimundo Garrone – A estratégia de defesa da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) na operação Lava Jato já estaria definida pelos seus advogados: jogar a culpa no amigo e ex-auxiliar João Abreu. A própria Roseana, contudo, ainda não bateu o martelo na tese, temendo retaliação do amigo que já mandou recado inclusive com ameaça de delação premiada.

O depoimento de Roseana Sarney previsto para o meio desta semana é um dos mais aguardados. Ela foi citada na delação do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, como sendo beneficiária de dinheiro originário de propinas em esquemas na estatal.

Youssef disse em depoimento que entregou R$ 1,4 milhão a João Abreu, mas que o destino do dinheiro era a então governadora Roseana Sarney. Já Paulo Roberto Costa informou que fez chegar ao senador Edson Lobão a bolada de R$ 2 milhões para a campanha de Roseana Sarney ao governo do Maranhão em 2010. Outros depoimentos confirmaram a relação próxima de Roseana com o esquema criminoso.

Depois de uma estada em Miami, a ex-governadora retornou ao Maranhão para preparar a defesa. O pai dela, José Sarney, tem se movimentado no meio político em Brasília e junto ao Judiciário para impedir a prisão da filha. Seria da cabeça de Sarney a tese de jogar a culpa toda em João Abreu, que já estaria ciente da possibilidade e armando uma contra-ofensiva para se defender.

Roseana Sarney irá depor temendo o que já está em poder dos investigadores e, pra piorar, os novos depoimentos do dono da UTC, Ricardo Pessoa, que assinou acordo de delação premiada e já citou o nome da ex-governadora.

Busca