Publicidade

Justiça considera ilegal greve dos professores de Vargem Grande

 

De acordo com informações publicadas pelo blog do Alpanir, uma decisão da Justiça proferida neste sábado considerou ilegal a greve dos professores do município de Vargem Grande e exigiu o retorno imediato da categoria às salas de aula. Na decisão, desembargadora Ângela Maria Moraes Salazar, plantonista do 2º Grau da Justiça Estadual do Maranhão, determinou que os grevistas se “abstenham de deflagrar o movimento grevista” sob multa diária de R$ 10.000 reais a ser pagar pelo Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Vargem Grande.

A greve foi iniciada na última sexta (04) pelo Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Vargem Grande, após rodadas de negociações com a Prefeitura de Vargem Grande. A categoria não aceita o reajuste de 6,81% sobre o piso nacional dos professores anunciada pela prefeitura e afirma que o aumento resultaria, na verdade, em perda salarial.

Busca