Publicidade

Jornalista Ricardo Boechat, 66, morre em queda de helicóptero em São Paulo

O jornalista Ricardo Boechat, 66, morreu no final da manhã desta segunda-feira (11) em uma queda de helicóptero no Rodoanel, em São Paulo. O apresentador e o piloto da aeronave morreram no acidente, que ocorreu por volta do meio-dia. O helicóptero caiu em cima de um caminhão na pista, mas o motorista do veículo não se feriu.

Em luto, a rádio Bandnews noticiou a morte do apresentador e, em seguida, retirou a programação do ar.

Segundo a Rádio Bandnews, veículo em que Boechat ancorava o telejornal diariamente pelas manhãs, o jornalista havia ido a Campinas (SP), onde participou de um evento da indústria farmacêutica, e voltava aos estúdios da rádio na capital paulista. O retorno à capital paulista estava programado para as 12h15.

O acidente que vitimou o jornalista do grupo Bandeirantes aconteceu no quilômetro 7 da via, perto do acesso à Rodovia Anhanguera.

Notas de solidariedade

Autoridades do país lamentaram, nas redes sociais, a morte do apresentador, incluindo o presidente Jair Bolsonaro. “É com pesar que recebo a triste notícia do falecimento do jornalista Ricardo Boechat, que estava no helicóptero que caiu hoje em SP. Minha solidariedade à família do profissional e colega que sempre tive muito respeito, bem como do piloto. Que Deus console a todos!”, publicou o presidente, que está internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), também manifestou solidariedade. “Boechat foi um dos grandes comunicadores do nosso país e uma referência de bom jornalismo”, escreveu o parlamentar. (Congresso Em Foco)

Radialista e Jornalista, Professor de Comunicação e Oratória, Locutor Publicitário e Apresentador de TV
Busca
Facebook