Prefeitura de São Luís

“Ineficaz”, comenta Flávio Dino em entrevista sobre decreto que flexibiliza posse de arma

 

Em entrevista ao programa ‘Diálogos com Mario Sergio Conti’, da GloboNews, o governador Flávio Dino falou sobre os anos na política, expectativa para a sua gestão e do cenário político brasileiro. O governador comentou ainda sobre o decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro que flexibiliza a posse de arma para o cidadão.

Para Dino o decreto acaba por atender apenas aos mais ricos. “Uma arma legal custará para o cidadão quatro, cinco mil reais. Tem o custo da arma e o custo do curso, do licenciamento e etc. Então, para 90% da população brasileira é algo inacessível”, criticou.

O governador afirmou ainda que a medida é “demagógica” e não resolve o problema da criminalidade no país. “… a meu ver errada, mas enfim, para a imensa maioria do povo que acompanha e vivencia o cenário de violência, lamentavelmente, acaba sendo uma medida ineficaz. E por isso eu acho que o governo fica devendo”.

Flávio Dino comentou ainda sobre a polêmica envolvendo o filho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro, que usou do foro privilegiado para pedir ao STF que suspendesse uma investigação envolvendo o seu ex-motorista, Fabrício Queiroz.

“O investigado assumiu sua condição. Quem entrou com recurso foi o próprio Flávio Bolsonaro e assumiu agora que é investigado. Existe também a fragilização de uma das faces prometidas pelo governo Bolsonaro que seria combate á corrupção. O caso possui incoerências jurídicas e consequências políticas”, disse.

 

Radialista e Jornalista, Professor de Comunicação e Oratória, Locutor Publicitário e Apresentador de TV
Busca
Rádio Timbira Ao Vivo
Facebook