Publicidade

Governo do grupo Sarney só deixou dívidas

Arnaldo e Roseana Sarney destruíram as finanças do Estado

Jorge Vieira – O governador Flávio Dino (PCdoB), além de encontrar apenas R$ 24 milhões no caixa do Estado se deparou com dívidas vencidas da ordem R$ 340 milhões. A informação, dada em primeira pelo blog, na manhã de ontem, ganhou repercussão nacional

O governador tampão, deputado Arnaldo Melo, em apenas 20 dias como ocupante do Palácio dos Leões, para favorecer os empresários amigos do poder, deixou de pagar dívidas mensais, como por exemplo, a obrigatoriedade de repassar cerca de R$ 180 milhões para a Previdência Social.

O dinheiro foi recolhido dos servidores, mas não foi repassado ao INSS. O governo deixou ainda de repassar outros R$ 160 milhões para pagamento de dívidas decorrentes de empréstimos consignados, que deveriam ter sido repassado aos bancos.

Arnaldo Melo só deixou dívidas para o sucessor. O governador Flávio Dino terá que se virá para pagar, nos próximos dias, uma parcela de R$ 139 milhões do empréstimo de R$ 1,5 bilhão. A parcela vence no próximo dia 10. E ainda tem o empréstimo de R$ 4 bilhões contraído junto ao BNDES.

 

 

Busca