Publicidade

Governo atende mais de 10 mil pessoas em um mês com Força Estadual de Saúde

Profissionais da Força Estadual de Saúde (Fesma) estão atuando em 30 municípios que integram o Plano ‘Mais IDH’. O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), registrou, a partir das atividades de campo das equipes, atendimento individual de 10.289 pessoas, distribuídas nas unidades básicas de saúde, domicílios e escolas. Os dados são de abril deste ano.

O foco inicial de atuação da Força Estadual de Saúde tem como prioridades reverter os índices de mortalidade infantil, mortalidade materna, diabetes, hipertensão e saúde das populações indígenas e grupos com maior vulnerabilidade.

Os participantes do projeto estão distribuídos em 13 Unidades Regionais de Saúde (URS). Serão atendidas populações da zona urbana e rural, com cobertura total de 422.684 pessoas.

O secretário adjunto da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES, Marcelo Rosa, considera fundamental o trabalho de diagnóstico e aproximação institucional entre a Fesma e equipes municipais para melhorar a capacidade de resposta. A ação, segundo ele, apoia os municípios integrantes do Plano ‘Mais IDH’ na reorientação do modelo de atenção e gestão.

“A população tem visto a Força Estadual de Saúde como uma estratégia a mais no fortalecimento do atendimento do sistema de saúde. A ideia é somar forças com os municípios, mas preservando o papel e a responsabilidade de cada esfera”, explicou Marcelo Rosa.

Atendimento

A piauiense, radicada na cidade maranhense de Araioses, Maria da Trindade Pires Ribeiro, de 76 anos, recebeu os cuidados da equipe multidisciplinar, com atuação nas cidades do interior do Estado, que tem o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Apresentando taxas alteradas de diabetes, pressão arterial e colesterol, a saúde da aposentada, quando na ativa trabalhadora rural, mãe de oito filhos, vem melhorando desde o início das atividades da Fesma na região. “Eles são muito pacientes e cuidadosos”, destacou.

Os resultados a serem alcançados visam à melhoria da qualidade de vida da população, impactando nos indicadores do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). A psicóloga Elzalina Santos de Sousa, da equipe de Araioses, ressalta os esforços para atender bem e com a qualidade esperada. “O trabalho, ainda na fase inicial de campo, já apresenta a melhoria da qualidade de saúde dos pacientes que se encontram em acompanhamento”, comentou.

Ações

Em abril deste ano, as equipes da Fesma realizaram 30 seminários municipais, com 3 mil participantes, diagnóstico situacional em 30 municípios. Mais de 6 mil participantes integraram ações de educação permanente e reuniões de trabalho. As atividades de educação em saúde e mobilizações reuniram 2.885 participantes.

Decreto

O governador Flávio Dino instituiu a Força Estadual da Saúde do Maranhão (Fesma), por meio do Decreto nº 30.616, de 2 de janeiro de 2015. A Fesma atua como programa de cooperação voltado à execução de medidas de prevenção, assistência e combate a situações de risco epidemiológico.

Busca