Publicidade

Força Nacional chega nesta segunda-feira em São Luís

Força Nacional de Segurança

É esperada por volta de meio dia desta segunda-feira (23) a chegada da Força Nacional na capital maranhense para reforçar o policiamento na Região Metropolitana. O efetivo composto por 128 policiais saiu ontem do Distrito Federal a bordo de 20 viaturas caracterizadas, 1 micro-ônibus mais 1 ônibus.

A presença da Força de Segurança Nacional foi solicitada pelo governador Flávio Dino em razão das ações violentas praticadas por facções criminosas desde a última quinta-feira (19). Até o momento, foram 15 ataques a coletivos, onde 7 ônibus foram incendiados ficando totalmente destruídos e outros 8 sofreram tentativas frustradas ou foram queimados parcialmente. O último ataque ocorreu no bairro Altos do Turu, na noite deste domingo (22).

Cerca de 40 criminosos já foram detidos e 1 tombou em confronto com a Polícia no último sábado (21). Ações de repressão envolvem Polícia Militar, Civil, Bombeiros e Guarda Municipal, e são coordenadas diretamente pelo Secretário de Segurança Jefferson Portela; comandante geral da PMMA, coronel Pereira; Delegado Geral da Polícia Civil, Lawrence Melo; além de comandantes de batalhões especiais. O próprio governador do estado, Flávio Dino, saiu às ruas junto com a polícia no sábado à noite no intuito de tranquilizar a população.

Segundo o coronel Pereira, a Força Nacional chega para reforçar o trabalho da polícia maranhense que está praticamente toda voltada para o enfrentamento dessa situação de crise, mas precisa também dar conta das ações normais do dia a dia. “Por isso, é importante a presença dos nossos companheiros da Força Nacional, para somar e nos ajudar, especialmente nas áreas periféricas da cidade, onde nós precisamos ocupar de maneira ostensiva alguns pontos específicos“, disse Pereira.

Há uma estratégia em prática desde o início dos ataques, com reforço do policiamento na zona rural da Região Metropolitana, nos pontos finais dos ônibus, nos terminais de integração, e, agora, há também policiais embarcados nos coletivos para intimidar os bandidos. Varia incursões nos bairros já foram realizadas e vão continuar, garante o comandante do Policiamento Especializado, tenente coronel Sodré.

A Força Nacional de Segurança começará a atuar imediatamente. Ainda nesta segunda-feira, após se instalar, receberá instruções e deverá estar nas ruas já a partir da noite ou mais tardar nesta terça-feira (24)

 

 

Busca