Publicidade

Flávio Dino recorre na Justiça contra decisão de juíza de Coroatá

 

O governador Flávio Dino, por meio dos seus advogados, entrou na manhã desta segunda-feira (13) com um recurso contra a decisão da juíza da 8ª Zona Eleitoral de Coroatá, Anelise Reginato, que decretou a inelegibilidade do governador e do ex-secretário de Comunicação Social e Articulação Política, Márcio Jerry, por suposto abuso de poder político e econômico nas eleições municipais de 2016, em Coroatá.

O recurso foi impetrado na própria 8ª Zona Eleitoral de Coroatá, a mesma da juíza, para que ela reveja e modifique sua decisão.

No pedido, a defesa de Dino alega que Anelise não deu chance de defesa ao governador e que ela ignorou parecer do Ministério Público que já havia afirmado que “não existe proibição legal para os chamados ‘apoios políticos’, além de que a juíza usou prova que não consta nos autos do processo.

No último sábado (13) o partido de Dino, PCdoB, já havia protocolado no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) representação disciplinar contra a juíza.

Busca