Publicidade

Flávio Dino garante que continuará reduzindo impostos para microempreendedores

 

Logo quando assumiu o governo do Maranhão, no início de 2015, Flávio Dino aprovou projeto de incentivo fiscal aos microempreendedores optantes pelo Simples Nacional –na condição de Microempreendedor Individual (MEI) – com o objetivo de proporcionar o aumento da participação desses pequenos negócios no Produto Interno Bruto (PIB) estadual.

O resultado dessa medida foi a superação da crise econômica nacional com o crescimento do PIB do estado durante o período, em relação aos outros entes da Federação. Em entrevista para a TV Guará, nesta semana, Flávio Dino garantiu que continuará reduzindo, ainda mais, os impostos dessa tabela aprovada em 2015.

“E inclusive criando uma faixa de isenção, que hoje não existe. Uma faixa de isenção fazendo com que microempreendedores individuais, que tenham o seu faturamento limitado a essa faixa de isenção, pagarão zero de diferencial de alíquota de ICMS em operações interestaduais”, garantiu.

Pare ele, vai ser um benefício a mais à organização dos empreendedores. “E as faixas atuais, que é uma tabela progressiva, que de acordo com a faixa vai aumentando, nós vamos reduzir também essas alíquotas criando essa faixa de isenção embaixo. Por que isso? Porque as micro e pequenas empresas, assim como os MEIs, são aqueles que mais geram tributos”, explicou Dino.

“Nós estamos falando de praticamente 95% das empresas do Maranhão. Então entre privilegiar, como era feito no passado, 100 empresas, eu estou beneficiando 100 mil empresas. Ou seja, fazendo uma política tributária justa, para praticamente todos os empresários”, reiterou.

Busca