Publicidade

Finalmente um orador interessante na AL. Holandão rebate Wellington e dá show

Holandão partiu pra cima de Wellington

Depois de um mês da nova legislatura, os debates, enfim, começam a ficar mais interessantes na Assembleia Legislativa do Maranhão. As discussões mornas, com oradores fracos e fraquíssimos, além de discursos repetitivos que dominaram o início dos trabalhos no legislativo estadual, finalmente deram lugar a uma intervenção “quente”, nesta terça-feira (03).

O deputado Edivaldo Holanda (PTC) reagiu a ataques contra a administração do prefeito Edivaldo Holanda Jr. e “deu um show” pra cima do deputado Wellington do Curso (PTC). Grande orador, Holandão não teve nenhuma dificuldade em rebater as críticas levantadas pelo colega parlamentar.

Habilidoso com as palavras, o petecista deixou o dono do Curso visivelmente desconcertado. “Lamento profundamente a confusão mental que está sendo produzida na cabeça do Deputado Wellington“, disse, sugerindo loucura do colega por não reconhecer os avanços da administração municipal. E disse também disse que Do Curso está cego em razão de defender uma candidatura para 2016.

Ao citar o pensador britânico Thomas Fuller, Holandão insinuou faltar sensatez ao colega. “Quando a paixão entra pela porta principal, a sensatez foge pela porta dos fundos. Está faltando em V.Exa. a sensatez de ver, porque V.Exa. está embriagada com uma candidatura futura que V.Exa. defende e que eu respeito”.

A metralhadora de Holandão fez outros disparos. Disse que a alma de Wellington está aflita e que o anúncio de obras em parceria da Prefeitura com o Governo magoam o deputado do PPS porque vão de encontro aos seus interesses políticos futuros. Cobrou ainda autenticidade e sugeriu que Do Curso age com hipocrisia. Tudo isso sem descer o nível do debate, escolhendo bem as palavras e citando pensadores históricos. Holandão só não foi além porque teria sentido pena do interlocutor.

Por mais que alguém não concorde com o que disse Edivaldo Holanda, ninguém pode negar que o deputado é um dos melhores oradores que a Casa tem ou já teve. E que sua intervenção foi, até agora, o destaque da atual legislatura. Se entrar errado, ele vai triturar. E, pelo visto, não há muitos à altura do embate com Holandão na composição atual da Assembleia. O jogo é bruto.

 

 

Busca