Publicidade

Fernando Sarney esquece até a CBF para tentar salvar Roseana

 

Os clubes brasileiros de futebol esperavam que o vice-presidente da CBF, o maranhense Fernando Sarney, participaria das reuniões para tentar aumentar a representatividade do Brasil na Conmebol, mas o empresário vem se dedicando apenas à coordenação de campanha da irmã Roseana Sarney (MDB), que disputa um quinto mandato como governadora do Maranhão.

Além de vice da CBF, Fernando Sarney é representante da Conmebol na FIFA. Clubes brasileiros esperavam uma atuação mais contundente da CBF após a controversa expulsão do zagueiro Dedé, do Cruzeiro, em partida pela Libertadores.

Mas o dono da TV Mirante, no entanto, não quer nem saber de futebol por enquanto. Por hora ele tenta apenas emplacar a vitória da irmã, embora essa seja uma tarefa cada vez menos viável.

Roseana patina nas pesquisas, que indicam vitória do seu principal adversário, Flávio Dino (PCdoB), logo no primeiro turno.

Busca