Publicidade

Família Sarney quer vender a Mirante

Marrapá

A Mirante, retransmissora da Rede Globo no Maranhão, está à venda. Os principais acionistas da empresa — a governadora Roseana Sarney e o senador José Sarney — estão estruturando um plano para vender suas ações no grupo.

Na tarde desta terça-feira (14), foram anunciadas demissões no alto escalão do sistema de rádios, televisões, jornal e internet. De acordo com as primeiras informações, os diretores Gustavo Assumpção, Ribamar Corrêa e Ronaldo Moraes já estariam fora dos quadros da empresa.

Os jornalistas Daniel Matos e Mário Carvalho também estão na fila de demissões. Cerca de quarenta funcionários podem deixar o grupo nas próximas semanas.

Sediada em Teresina, a TV Meio Norte teria interesse em adquirir parte do complexo de comunicação do clã Sarney. No passado, o empresário Fernando Sarney fez parte do quadro acionário da empresa piauiense, que pertence atualmente a Paulo Guimarães – preso recentemente pela Polícia Federal pela participação em um esquema bilionário de sonegação de impostos.

Uma das mais rentáveis afiliadas da Globo, a TV Mirante é dona da maior fatia do bolo publicitário do estado desde o governo de Edison Lobão, em 1992. Atualmente, Roseana Sarney paga milhões à emissora de um lado do balcão como governadora e recebe do outro como sócia da empresa.

Em 2005, quando o então governador José Reinaldo Tavares (PSB) fechou as torneiras para a oligarquia, as movimentações financeiras atípicas de Fernando e Tereza Sarney para os cofres da emissora chamaram a atenção do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) e deram origem à Operação Faktor da Polícia Federal.

 

Busca