Publicidade

Existe clima de “Já ganhou” na oposição ou de “já perdeu” no grupo Sarney?

Em entrevista à rádio da família Sarney, na manhã desta quarta-feira (09), o agora pré-candidato ao governo do estado, Edinho Lobão falou entusiasmado, chegou a dizer que acredita sair vitorioso nas urnas. Faz parte do discurso.

Bom de oratória, Lobinho usou algumas frases feitas e repetiu diversas vezes que na oposição existe um clima de “já ganhou”. É parte da estratégia governista tentar grudar na oposição o “salto alto”, algo que não é bem visto pela massa. O eleitor tende a refutar candidato com esse tipo de comportamento. Portanto, os governistas vão repetir isso, tendo ou não um fundo de verdade. Faz parte do discurso.

Por outro lado, é importante ressaltar que o grupo Sarney está mais perdido que cego em tiroteio, como nunca antes esteve quando o assunto é eleição, estão desanimados. Tentam a todo custo, pelo discurso, dissimular tal sentimento. Nenhuma foto de Roseana Sarney sorridente, por exemplo, pode apagar o clima de ressaca política do seu grupo. Serve apenas para reforçar a tentativa de esconder o clima de cemitério que se abateu sobre todos. Mas, faz parte do discurso.

Sendo assim, a candidatura de Edinho Lobão parece dar um novo ânimo ao grupo. Mas, isso é natural. É como mudar o sofá de lugar na sala. Parece uma sala nova, mas não é. E logo todos se dão conta. Mesmo com todo o discurso animado do senador-sem-voto, a eleição de 2014 para o grupo Sarney é uma prova de fogo. O cenário é muito propício para a oposição. E os dois lados sabem disso. Por isso mesmo, mais do que o clima de “já ganhou” que tentam imputar ao grupo capitaneado por Flávio Dino, o que existe é um clima de “já perdeu” do outro lado.

 

Busca