Prefeitura de São Luís

Exercitando a arte do silêncio

Por Jeisael Marx

Tem gente que só sabe criticar. Fala mal das coisas, mas não apresenta alternativa de solução. Sempre que vê o trabalho do outro, critica. Vê a vida do outro, critica. Vê o carro, critica. Vê a empresa, critica. Isso pode ser inveja, ou incompetência, ou ignorância, ou falta do que fazer mesmo, ou quem sabe até tudo isso junto. Fato é que o sujeito ainda “se acha” por tá “malhando a vida do vizinho”. E fala besteira, besteira.

Esse tipo de gente é tão, mas tão ignorante, que nem se dá ao trabalho de conhecer acerca daquilo que fala pra tecer uma crítica fundamentada e com conteúdo. E quando alguém tenta alertá-lo pra isso, é escarnecido. Falar daquilo que não se conhece é errado. Criticar, pior ainda.

O melhor a fazer é nem dar ouvidos. Um ditado chinês diz que “o silêncio é de ouro e muitas vezes é resposta.” A Bíblia pega mais pesado e diz que “a melhor resposta aos tolos é o silêncio”.

Portanto, aos tolos que me criticam – e o fazem por não conhecer a minha história e o meu esforço – o meu silêncio. Assim que tiverem lido pelo menos metade dos livros que li, tiverem pelo menos terminado o colegial, assim que tiverem um pouco da experiência que tive e tenho a felicidade de ter e assim que tiverem conquistado um pouco do respeito que conquistei das pessoas que me conhecem e têm a liberdade de me criticar, estarão à altura de ouvir palavras da minha boca.

Enquanto isso não acontece, conformem-se com sua insignificância e permaneçam aí em baixo.
Radialista e Jornalista, Professor de Comunicação e Oratória, Locutor Publicitário e Apresentador de TV
Busca
Rádio Timbira Ao Vivo
Facebook