Publicidade

Estabelecimentos serão proibidos de cobrar valores diferentes para homens e mulheres em festas

Resultado de imagem para diferenciação nos preços das badas para homens e mulheres

Prática comum para atrair clientes, a diferenciação dos preços cobrados entre homens e mulheres praticada em boates, bares e casas noturnas, está proibida. A determinação é do Ministério da Justiça, que encaminhará uma nota técnica sobre o assunto às associações que representam esses setores, que terão um mês para se adequarem.

A proibição valerá para todo o país, e em caso de desobediência, os estabelecimentos estarão sujeitos sanções prevista no Código de Defesa do Consumidor, além de multa.

Segundo o Secretário Nacional de Direitos do Consumidor, Arthur Rollo, entrada em casa noturna tem quer o preço igual para homens e mulheres. “Rodízio de pizza, rodízio de carne, o preço tem que ser igual para todo mundo. Não pode ter qualquer distinção em função do gênero.”

A orientação é que sejam feitas fiscalizações nas casas noturnas, para que essa cobrança diferenciada de preço deixe de existir em todo o Brasil.

 

 

Busca