Publicidade

Eleitor cola tecla de urna para evitar voto no 13

Um fato curioso aconteceu em Formosa no estado do Goiás, na eleição deste domingo (26). Um eleitor passou cola instatânea na tecla de número 3 em uma urna eletrônica instalada na Escola Estaudal Professor Sérgio Fayada Generoso, no bairro Formosinha. Ao que parece, o crime eleitoral teria o objetivo de impedir que outros eleitores votassem em Dilma Roussef (PT).

Passou cola com gosto que até escorreu

A Polícia Federal já identificou o autor da “bricadeira” e está à sua procura. O fato foi descoberto na seção 198, quando um eleitor entrou na cabine de votação e percebeu que havia algo errado. Quem sabe fosse um eleitor da petista que não conseguiu apertar o número 3 pra concluir seu voto. Irritado, passou a informação para os mesários. Quando foram atrás do suspeito, ele já tinha ido embora.

 

 

Busca