Publicidade

ELEIÇÃO: Data M confirma favoritismo de Dutra em Paço do Lumiar

Resultado de imagem para Domingos Dutra

O candidato a prefeito de Paço de Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB), já carrega um certo favoritismo para as eleições municipais de outubro. De acordo com a pesquisa Data M, Dutra aparece com mais de dez por cento de vantagem sobre o seu principal rival, Gilberto Aroso.

Em números, no cenário estimulado, quando são apresentados os nomes dos cinco candidatos a prefeito de Paço do Lumiar e perguntado em quem você votaria, o Data M mostrou que Dutra detém 23,3% das intenções de voto; seguido por Gilberto Aroso com 12% e Inaldo Pereira com (PPL), 4,8%.

Paço 3O atual prefeito do município, José Sobreiro (PSDB), recebeu apenas 2,3% da indicações; Raimundo Filho (PT) marcou 1% e Moraes Maninho (PCB) 0,8%. Nenhum deles 33,3% e não sabem ou não responderam 28,8%.

De acordo com o levantamento, Dutra lidera também na pesquisa espontânea, quando não são apresentados os nomes dos candidatos. Nesse quesito ele foi lembrado por 10,8% dos entrevistados. Em segundo lugar veio Gilberto Aroso, citado por 7%; Inaldo Pereira manteve a mesma pontuação da estimulada 4,8%; depois o prefeito José Sobreiro, 1,8%; Raimundo Filho 0,5% e Moraes Maninho,0,3%. Branco e nulo 26,8%, não sabem ou não responderam 48,6%.

Já no quesito rejeição, Josemar Sobreiro foi o mais citado por 34,8% dos entrevistados; o ex-prefeito Gilberto Aroso marcou 3,5%; Dutra, 2,5%; 0,8% disseram que não votariam em Inaldo Pereira; outros 0,5% em Moraes e por fim Raimundo Filho com 0,3%. Poderia votar em todos 0,3%; não votaria em nenhum deles 26,3% e não sabem 33,3%.

O levantamento, apesar de o primeiro sobre intenção de votos para o município desde o início da corrida eleitoral, confirma um cenário político já especulado no município, em que mostra Domingos Dutra como favorito para o pleito e com amplas chances de vitória.

A pesquisa, registrada no TRE-MA sob o número 02572/2016, ouviu 300 pessoas entre os dias 26 e 28 de agosto, e possui margem de erro de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

 

Busca