Publicidade

Dinheiro desviado para a seca na gestão Roseana daria para comprar 182 mil cestas básicas

Blog do John Cutrim – Uma operação da Polícia Federal deflagrada no Maranhão e de Pernambuco nesta quinta-feira (8) desmontou um esquema de corrupção que desviou R$ 10 milhões em verbas do Ministério da Integração Nacional, durante a gestão Roseana Sarney.

A verba era destinada à aquisição de cestas básicas e filtros de água para famílias de municípios maranhenses atingidos pela estiagem em 2013 e 2014.

Nove pessoas acusadas de participar do crime foram presas, dentre elas, o ex-comandante do Corpo de Bombeiros do Maranhão na gestão Roseana Sarney, o coronel João Wanderley Costa Pereira.

Com os R$ 10 milhões que foram desviados, é possível comprar 182 mil cestas básicas ao preço de R$ 55 cada uma.

Além do desvio, há indícios de superfaturamento do valor das cestas básicas e dos filtros de água, que custaram valor 30% maior que o praticado pelo mercado.

Além disso, existem provas de que a empresa não forneceu o objeto do contrato. Os valores eram transferidos para contas bancárias dos acusados por meio da empresa que deveria fornecer os produtos.

Radialista e Jornalista, Professor de Comunicação e Oratória, Locutor Publicitário e Apresentador de TV
Rádio Timbira Ao Vivo
Busca
Facebook