Publicidade

Deputada quer CPI para investigar caos em Pedrinhas

Eliziane Gama destacou, em pronunciamento, que situação é insustentável e o governo precisa tomar providências urgentes

As recentes fugas, mortes e casos de corrupção dentro sistema prisional maranhense poderão ser investigadas em uma CPI da Assembleia Legislativa do Maranhão. A deputada Eliziane Gama informou na manhã desta quarta-feira (17) que apresentou requerimento pedindo a instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar o sistema penitenciário após o período eleitoral.

Na tribuna, a deputada destacou que a situação de caos instalada é insustentável e é necessário haver uma investigação séria e isto é possível através de uma CPI. Ela esclareceu que iniciará o recolhimento de assinaturas dos demais colegas parlamentares, e se houver impossibilidade de instalação da CPI pedirá que a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa também acompanhe as investigações sobre esta situação.

“Quero propor uma CPI e vou pedir as assinaturas não exatamente para ser executado agora nesses 15 dias, mas após o retorno das eleições, nos dois meses de atividades dentro dessa Casa”, disse a deputada. Que fez questão de ressaltar ue a proposta é contribuir com a celeridade das investigações sobre a facilitação de entrada de armas e drogas, além de fugas e mortes dentro do sistema prisional maranhenses.

Eliziane alertou sobre a paralisação de agentes e vigilantes de empresa terceirizada que presta serviço para o Complexo Penitenciário e disse que o sistema hoje é totalmente saturado, com pouco mais de duas mil vagas nas cadeias para mais cinco mil internos, ou seja, há um inchaço dentro do sistema e a quantidade de agentes é muito pequena, uma boa parte, todos praticamente, terceirizados e não conseguem fazer o atendimento.

 

Busca