Publicidade

Delação premiada ronda mansão de Sarney

wpid-Photo-20150415115944645.jpg

Raimundo Garrone – Um fantasma ronda a mansão da oligarquia Sarney no Calhau. Nesse momento, Roseana, Lobão e sócios são alvos de investigações diversas, em delegacias da Polícia Federal, da Polícia Civil e no Supremo Tribunal Federal.

Há as delações de Paulo Roberto Costa sobre propinas relativas à fracassada obra da Refinaria de Bacabeira. Existe o rolo interminável do precatório da Constran, que resultou na prisão de Alberto Youssef no Maranhão. No Rio, correm inquéritos de roubo de dinheiro da aposentadoria dos carteiros, cometido por indicados da oligarquia Sarney no Fundo Postalis, dos Correios. E agora aparece mais essa empresa-fantasma em um paraíso fiscal do Caribe, com fortes pegadas de destacados membros do coronelismo maranhense.

A angústia do senador José Sarney, o poderoso chefão de todos os negócios, reside na moda de delações premiadas. Será que Marcio Coutinho, João Abreu e outros operadores vão aceitar ser punidos sozinhos e preservarão os senadores Sarney e Lobão e seus filhos ?

Busca