Cultura maranhense em luto: morre dona Bazica, matriarca do Boi da Pindoba

A cultura maranhense perde mais um dos seus grandes ícones. Morreu no último domingo, 16, a dona Brasilica Rosa da Conceição, mais conhecida como Bazica, matriarca do Boi da Pindoba, um dos mais tradicionais de São Luís.

A idosa, que estava com 110 anos, passou mal durante um ensaio do grupo folclórico, e faleceu. O sepultamento de seu corpo aconteceu na tarde de ontem, 17, num cemitério da Região Metropolitana.

Amigos e integrantes do boi prestaram  última homenagem ao som de pandeiros e matracas.

Com a morte de dona Bazica, essa é a segunda perda da cultura ludovicense somente neste ano de 2019.

No mês de Março, perdemos a radialista Helena Leite, 67 anos,  vítima de um infarto. A radialista, considerada uma das principais vozes na defesa da cultura maranhense, passou mal em casa, foi socorrida, mas não resistiu.

O blog deixa votos de pesar a família e amigos enlutados.

Radialista e Jornalista, Professor de Comunicação e Oratória, Locutor Publicitário e Apresentador de TV
Busca
Rádio Timbira Ao Vivo
Facebook