Publicidade

Cuidado com golpes pela internet com o nome da Receita Federal

Em razão do grande número de tentativas de golpes pela internet, e, principalmente, por ser época de declaração de imposto de renda, a Receita Federal emitiu um comunicado na última sexta-feira (21), alertando os contribuintes para estarem atentos, pois o assunto torna-se um tema atraente para criminosos da rede.

Para não cair em golpes, atenção redobrada para mensagens de e-mail com conteúdo informativo dizendo ser da Receita. Normalmente, são e-mails informando que a Receita Federal analisou todas as declarações do Imposto de Renda 2012/2013 e encontrou um inadimplência no CPF do usuário. A mensagem pede que o cliente/vítima clique em um link para ter acesso ao demonstrativo dos números apresentados e das declarações divergentes. Se o internauta cair na armadilha, estará acessando um código malicioso (malware) que pode contaminar seu computador e abrir portas para que o 'ciberpilantra' tenha acesso a todos os seus dados bancários, fiscais e cadastrais.

E-mail malicioso

Há outras mensagens fraudulentas, como as que disponibilizam um falso programa de declaração do imposto de renda ou algo do tipo. Todas trazem links com códigos maliciosos ou sites falsos (phishing), que visam a apropriação indevida de informações bancárias da vítima.

O internauta que receber esse tipo de mensagem não deve clicar em nada, nem abrir arquivos anexados. O e-mail deve ser imediatamente apagado. A Receita não entra em contato com nenhum contribuinte via e-mail sem a autorização do próprio contribuinte, nem autoriza terceiros a fazê-lo em seu nome. A Receita alerta que a única forma de comunicação eletrônica é por meio do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC), localizado em sua página na Internet.

Para esclarecimento de dúvidas ou informações adicionais, os contribuintes podem procurar as unidades da Receita, acessar a página na internet ou entrar em contato com o Receitafone, através do número 146.

 

 

Busca