Publicidade

Corpo de pastor é retirado de cova rasa no Maiobão

Por volta das 22h desta segunda-feira (14) o corpo de Mackson da Silva Costa, 37 anos, pastor evangélico morto em São Luís, foi retirado de uma cova concretada no quintal de uma residência na rua 7 do bairro Maiobão, região metropolitana. 

A vítima estava desaparecida desde a última sexta-feira, 11. Ele sumiu após sair da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, onde trabalhava como técnico de informática. 

As investigações estão sendo feitas pela Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP). 

Saulo Pereira Nunes, 38 anos, preso na manhã desta segunda-feira (14), justamente na área do Maiobão, confessou o crime e indicou o local onde enterrou a vítima.

O pastor foi morto com golpes de arma branca. Uma faca já foi apreendida pela Polícia Civil e as investigações apontam que o crime pode ter razões que envolvem um caso de romance.

Segundo o Chefe do Departamento de Proteção à Pessoa, delegado Felipe César Mendonça, a cova havia sido concretada no quintal da residência do próprio autor, na rua 7 do Maiobão.

A remoção do corpo foi acompanhado por dezenas de populares que pediam justiça perante o crime. 

Busca