Publicidade

Coronel Raimundo Sá destaca atividades do CPAM 2

John Cutrim

Coronel Sá

 

“Comandar o CPAM 2, área extensa que possui quase metade da população da Região Metropolitana de São Luís é um desafio que vai ter êxito”, destacou o coronel Raimundo Nonato Santos Sá, comandante do Policiamento da Área Metropolitana 2 (CPAM 2). O coronel destacou também a parceria com a comunidade para a segurança pública e as operações realizadas pelo seu Comando.

Criado no mês de abril, através de uma medida provisória, para otimizar o policiamento da Região Metropolitana de São Luís, o CPAM 2 compreende os municípios de São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa e uma parte da capital (polo Cidade Operária e adjacências). Apesar de recém-criada, a área já contabiliza uma redução nos índices de violência, “assumimos no início de maio e até agora já verificamos uma redução de 38% nos casos de homicídios na região do 6º Batalhão (Cidade Operária e região)”, afirma o coronel Sá.

Para ele, a parceria da Polícia Militar com outras instituições de Segurança Pública é fundamental para a sociedade, além disso, a aproximação com a comunidade é eficaz na redução da criminalidade, “nossa experiência mostra resultados positivos quando a população colabora com a PM, isso se traduz em um número maior de prisões e apreensões relacionados com o tráfico, roubo e furto”, disse.

Operação São João

Durante o período junino, o efetivo de policiais na região do CPAM 2 foi elevado. A área que tem 98 arraiais em sua abrangência ganhou um reforço de 92 policiais, além dos que já fazem diariamente a segurança da população. Pelo 6º Batalhão de Polícia Militar, com jurisdição na Cidade Operária e bairros vizinhos, foram adicionados mais 42 agentes. Já pelo 13º Batalhão, com sede na cidade de São José de Ribamar, o efetivo conta com o apoio de mais 50 policiais. Ao todo, são mais de 200 pm’s nas ruas durante os festejos de junho, somados os que já trabalham diariamente com os convocados para trabalhar durante o São João.

Operações de Rotina

Visando garantir a segurança da população da sua área de atuação, combater a criminalidade e estreitar os laços com a comunidade, o Comando de Policiamento da Área Metropolitana 2 realiza diariamente diversas operações.

De acordo com o coronel Raimundo Sá, as operações tem caráter preventivo e repressivo contra a incidência de crimes, “realizamos todos os dias, de acordo com informações repassadas ao Centro Integrado de Polícia e Segurança (Ciops), Disque Denúncia, e informações dos próprios Batalhões, operações para a efetiva segurança dos cidadãos,” disse.

Entre as ações do CPAM 2, destaque para Operação Tornado, realizada em diversos bairros com vistoria em veículos e motocicletas, em busca de armas e drogas; Operação Varredura, feita em conjunto com o Batalhão de Choque, Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam), Companhia de Policiamento Rodoviário Independente (CPRV Ind) e Esquadrão de Polícia Montada (EpMont), ação que patrulha os bairros para inibir ações criminosas; Operação Catraca, realizada com o intuito de garantir a tranquilidade dos usuários do transporte coletivos e coibir os assaltos a ônibus; Operação Duas Rodas, feita com o objetivo de vistoriar motociclistas e ciclistas em vias públicas.

Além dessas operações, cada Batalhão conta diariamente com a atuação de dois Grupos Táticos Móveis (GTM), que utiliza duas viaturas e três motocicletas em diversas operações.

“Vale destacar também que a Ronda da Comunidade não foi desativada, ela continua realizando o patrulhamento nos bairros, e cada viatura possui um número de telefone que pode ser acionado pela população”, afirma o coronel Raimundo Sá. Todas as operações são intensificadas nos fins de semana e grandes eventos.

CPAM 2

O Comando de Policiamento da Área Metropolitana 2 (CPAM 2) é responsável pela segurança dos municípios de São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa e alguns bairros de São Luís, especificamente do polo Cidade Operária, uma área que compreende quase metade da população da região metropolitana de São Luís.

O CPAM 2, cuja sede está em fase de construção na Avenida 13 do Maiobão e previsão de entrega em dois meses, é composto pelo 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM), comandado pelo major Aritanã Lisboa do Rosário, com sede no bairro da Cidade Operária, e pelo 13º Batalhão de Polícia Militar (BPM), comandado pelo major Diógenes Azevedo, com sede no município de São José de Ribamar.

Atualmente, o Comando de Policiamento da Área Metropolitana 2 conta com o efetivo de 440 policias militares, sendo 170 do 13º BPM, e 270 do 6º BPM; além disso conta com o apoio de 29 viaturas e 17 motocicletas, sendo 15 viaturas e 8 motos de responsabilidade do 13º BPM, e 14 viaturas e 7 motos do 6º BPM.

Perfil

Raimundo Nonato Santos Sá, natural de São Luís-MA, é casado, tem oito filhos e uma neta. Nasceu em 31 de agosto de 1966, tendo iniciado a carreira militar em 1985, como marinheiro, na Base Almirante Ari Parreira, em Natal, Rio Grande do Norte.

Aprovado em concurso público para a Polícia Militar do Maranhão em 1986, é Bacharel em Segurança Pública, pela Universidade Estadual do Maranhão, sendo o primeiro coronel formado no estado através da academia Gonçalves Dias.

Desde 1987, vem desempenhando diversas funções na Polícia Militar, ascendendo na carreira da seguinte maneira: soldado em 87; sargento, de 88 a 93; cadete, de 93 a 95; aspirante, de 95 a 96; 2º tenente, de agosto de 96 a agosto de 98; 1º tenente, de agosto de 98 a agosto de 2001; capitão, de agosto 2001 a agosto de 2009; major, de agosto de 2009 a dezembro de 2012; tenente-coronel, de dezembro 2012 a abril de 2014; e coronel, de abril de 2014 até os dias atuais.

 

Busca