Publicidade

Com investimento de R$ 8 mi, novas viaturas têm sistema de monitoramento digital

Ações do Plano ‘Mais IDH’ que aconteceram em 30 municípios (Foto: Karlos Geromy/Secom)

As 300 novas viaturas que estão sendo entregues pelo “Governo de Todos Nós” à população são de última geração, com câmeras e um sistema de comunicação digital simultâneo com o Centro Integrado de Polícia e Segurança (CIOPS) da Secretaria de Segurança do Maranhão. Resultado do investimento de R$ 8 milhões, o sistema permite o monitoramento do trabalhado das viaturas pelas câmeras e a troca de dados instantâneos com os policiais em operação.

O sistema de transmissão e armazenamento de imagens possibilita ao policial receber informações sobre suspeitos de onde estiverem. As viaturas possuem ainda função de rastreamento; tabletes para monitoramento das operações em tempo real; GPS e sistema de localização. “Esse sistema é importante porque auxilia no desenho de rotas e rastreamento dessas viaturas, os caminhos que elas percorrem e fornecem informações”, informou o Comandante Geral da PM, Frederico Pereira.

Redução de crimes

Os primeiros resultados do investimento já podem ser vistos. O número de homicídios na Grande Ilha caiu em torno de 20% no período entre janeiro e junho de 2016 se comparado ao mesmo período de 2014.

Para o comandante da Polícia Militar do Maranhão, coronel Frederico Pereira, a presença ostensiva das viaturas nas ruas é perceptível e já oferece mais segurança à população. “Se o cidadão sabe que uma viatura está em determinado local, ele cria uma referência e isso faz com que ele tenha um conforto, porque sabe que, se precisar, ele pessoalmente poderá acionar a polícia com facilidade. As viaturas serão distribuídas nas unidades que têm maior abrangência. Com essas viaturas, além de manter o policiamento que já existe, vamos ampliá-lo”, afirmou o comandante da PM.

Como são as novas viaturas

Os carros, todos do tipo pick-up ou semi-pick-up e nos modelos Duster e Pajero Dakar são equipados com cinco câmeras capazes de realizar o monitoramento em todo o perímetro em que a viatura se encontra, inclusive à noite, em ambientes com baixa luminosidade. As câmeras e imagens podem ser remotamente controladas pelo CIOPS, o que, na opinião do soldado do 8° Batalhão da PM, Rafael Araújo de Sousa, é uma segurança a mais para o policial em serviço. “Estamos aqui, mas sabemos que várias equipes acompanham nosso trabalho, podemos ser avisados e acompanhamos tudo que acontece também nos outros pontos, é um trabalho em equipe que com certeza dá bons resultados”, afirmou.

Além disso, o sistema de transmissão e armazenamento de imagens, possibilita ao policial receber informações sobre suspeitos de onde estiverem. Possuem ainda função de rastreamento; tabletes para monitoramento das operações em tempo real; GPS e sistema de localização.

“Esse sistema é importante porque auxilia no desenho de rotas e rastreamento dessas viaturas, os caminhos que elas percorrem e fornecem informações”, informou o Comandante Geral da PM, Frederico Pereira.

No atual sistema de comunicação, além de pontos fixos, localizados no Ciops e nos quartéis da PM, há os pontos móveis, presentes nos veículos, e a comunicação portátil, os ht’s levados pelos soldados.

Operações

Nas grandes rotatórias, as viaturas configuram uma ação de presença, contemplando o aspecto de visibilidade da polícia e viabilizando o policiamento nas áreas adjacentes. “Em cada viatura, há um cartão-programa, que desenha toda a movimentação da viatura durante o dia, sinalizando quando deve haver paradas e rondas”, disse o coronel Pedro Ribeiro, que destacou o alcance desta ferramenta.

Com a chegada das novas viaturas, a Polícia Militar do Maranhão pode realizar operações de ostensividade como a Malha Metropolitana, que cria referenciais para a população de pontos em que há viaturas nos principais corredores de São Luís, a Operação Poseidon, em que forças-tarefas atuam em pontos críticos mapeados com antecedência, a Cerco Total, de combate a homicídios e a mais recente, “Busca Implacável”, que realiza buscas e revistas com foco na redução de assaltos a ônibus.

Resultados

O modelo de gestão e planejamento desenvolvido no Maranhão permitiu uma redução de 7,8% nos índices de criminalidade já no primeiro ano de gestão do governador Flávio Dino, superando a meta estabelecida pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), que para cada ano tem como meta reduzir os índices de criminalidade em 5% e ao fim de quatro anos totalizar uma redução de 20%.

Busca