Publicidade

Com crise, prefeito de Codó corta o próprio salário e de comissionados em 20%

Com a crise econômica castigando municípios em todo o país, alguns gestores têm tomado medidas para conter gastos e aumentar a receita dos cofres municipais. No Maranhão, o prefeito de Codó, Francisco Nagib (PDT), encaminhou projeto de lei à Câmara do município pedindo autorização para reduzir o salário de todos os comissionados em 20%. A proposta inclui o próprio prefeito, vice-prefeito e secretários.

A redução afetará os servidores que ganham acima de R$ 2.624,00. O prefeito garantiu que a medida entrará em vigor a partir do mês de outubro.

Segundo Nagib, atualmente a folha consome 12% de toda a arrecadação de Codó o que dificulta a manutenção dos pagamentos na data correta. Outra medida também anunciada pelo prefeito, será a mudança no expediente da prefeitura que funcionará, das 07 horas às 13h, para economizar energia.

Busca