Publicidade

Chefes de órgãos da Justiça podem ter participado do esquema de desvio na gestão Roseana

O suposto esquema liderado pela ex-governadora Roseana Sarney e o ex-secretário de Estado de Saúde, Ricardo Murad, parece ter chegado também ao judiciário. De acordo com uma reportagem da TV Guará, chefes de órgãos da  Justiça no Maranhão podem estar envolvidos no esquema que teria desviado milhões da Saúde nos últimos anos.

A atuação de nomes ligados ao judiciário no esquema pode ter livrado Roseana Sarney e Ricardo Murad de possíveis investigações sobre os desvios praticados. Em um desses casos, a ex-procuradora-geral de Justiça, Maria de Fátima Rodrigues Tavares Cordeiro, impediu os avanços das investigações que acusava Ricardo Murad, até então gerente gerente de Articulação e Desenvolvimento da Região Metropolitana de São Luís, de formação de quadrilha e fraude de processo licitatórios em 2011. A suspeita de favorecimento a Ricardo recai no fato de que o pedido feito pela ex-procuradora para que o Tribunal de Justiça rejeitasse as denuncias foi feito sem qualquer justificativa jurídica.

Confira abaixo a reportagem:

https://www.youtube.com/watch?v=g6tVR9Nqkvo

 

 

Busca