Publicidade

Caso de prefeito maranhense que comanda cidade de presídio repercute na imprensa nacional

Ribamar Alves continua preso acusado de estuprar uma jovem de 18 anos.

O caso peculiar do prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves, que tem comandando o município de dentro de uma cela no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, ganhou nesta quarta-feira (17) repercussão nacional ao ser tema de uma reportagem do telejornal Bom dia Brasil, da Rede Globo.

O prefeito, que está preso desde o fim de janeiro, acusado de estuprar uma jovem de dezoito anos, conseguiu na Assembleia Legislativa um pedido de licença de trinta dias, o que fez com que ele continuasse à frente da gestão municipal. Dessa forma, Ribamar Alves assina documentos e gere o município de sua cela no presídio.

A decisão da Assembleia impediu a posse do vice Ednaldo Alves Lima (PT), que entrou com uma ação na Justiça para reverter o quadro.

Assista abaixo a reportagem:

Busca