Publicidade

Carlos Brandão negocia com governo federal retomada da duplicação da BR-135

 

O governador em exercício Carlos Brandão e representantes da bancada maranhense estiveram em Brasília nesta quarta-feira (9) para negociar a retomada de obras paradas de rodovias federais no Estado. Entre elas, a duplicação da BR-135.

A BR-226 também entregou na conversa, já que está há dois anos sem manutenção e representa um problema para o Maranhão e outros Estados que usam a rodovia para escoar suas produções, como Tocantins e Rio Grande do Norte.

A comitiva maranhense alertou para a importância de dar atenção às comunidades tradicionais quilombolas que se localizam ao longo da área de construção da duplicação.

Também foram abordados os problemas derivados do abandono das obras, incluindo os de responsabilidade da Hytec Construções Terraplanagem na BR-226.

O ministro Tarcísio Freitas disse ser “uma honra, uma alegria muito grande receber a bancada maranhense. A alocação do financiamento para continuação das obras será negociada. A estratégia: concentrar a estrutura em uma ação. Por isso, sentar com a bancada é tão importante”.

Segundo ele, a solução para os impasses na conclusão da BR-135 será feita em conjunto com a gestão estadual.

O primeiro passo é a intermediação do licenciamento ambiental pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema). Carlos Brandão destacou que a Sema dará a celeridade necessária na análise do licenciamento para que o governo federal faça a sua parte. “A Sema dará o conforto para o DNIT reiniciar os seus trabalhos, disse.

Em relação à BR-226, o ministro afirmou que “seremos intolerantes com empresas com adimplemento de contrato”. Ele reconheceu que, no caso das obras da BR-226, o orçamento era inexequível. “Estudaremos a atuação da Hytec Construções Terraplanagem e tomaremos as medidas legalmente cabíveis”, garantiu.

Radialista e Jornalista, Professor de Comunicação e Oratória, Locutor Publicitário e Apresentador de TV
Busca
Rádio Timbira Ao Vivo
Facebook