Publicidade

Candidato piauiense internado após realizar o TAF apresenta melhora

O dentista piauiense, Paulo Emílio de Melo Costa, de 28 anos, que foi internado em estado grave após realizar o teste físico do concurso da Polícia Militar, apresentou melhora no seu quadro clínico nesta segunda-feira (5). Internado na UTI do Hospital Carlos Macieira, o profissional será transferido da Unidade de Terapia Intensiva para a enfermaria ainda hoje, onde permanecerá em observação.

O dentista passou mal durante a corrida, faltando apenas 100m para a conclusão do teste, realizado no último sábado (03). O candidato foi levado às pressas por uma ambulância que estava no local para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Itaqui Bacanga.

Dois outros candidatos morreram também durante a execução da corrida. Também no sábado, Marcone Ferreira, que também é dentista faleceu após passar mal logo após o término da prova. Na última terça-feira (30), a estudante Daniele Nunes Silva, de Barra do Corda, também passou mal e faleceu durante a execução da corrida. Ela chegou a ser atendida, mas não resistiu.

Busca