Banhistas ficam chocados ao encontrar Tartaruga coberta por óleo em praia Alcântara

Um flagrante feito por um banhista neste domingo (22) chocou internautas. O vídeo mostra uma tartaruga completamente coberta por óleo.

O animal foi encontrado na praia de Itatinga, no município de Alcântara, distante 30 km de São Luís.

Nas imagens que foram publicadas em redes sociais é possível ver a agonia do animal coberto por uma densa camada de óleo.

Segundo informou a Secretaria Estadual de Meio Ambiente, a Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), responsável pelo Porto do Itaqui, disse que não há nenhum registro de vazamento de óleo, e as instalações seguem funcionando normalmente. Uma equipe foi até o local para fazer o reconhecimento, coleta e levantamento do material recolhido.

Em Nota, o Governo do Maranhão disse que criou um grupo com membros da Polícia Ambiental, Bombeiros e outros setores para apurar o caso.

A tartaruga foi encontrada pelo estudante universitário Júlio Deranzani Bicudo, que encontrou o animal por volta das 16h30 após seguir manchas de óleo na areia da praia.

“Eu estava na praia quando olhei os rastros de óleo espalhados por ela. Fui seguindo o rastro e me espantei quando vi a tartaruga, já que nunca tinha visto nenhuma pela região. Nós sabemos que algumas são acostumadas a fazer a desova na área, mas nunca tinha visto pessoalmente”, disse.

Junto com moradores, o Júlio Deranzani levou o animal para um chuveiro localizado na praia e usado por banhistas que frequentam a área, para começar a limpeza do animal. Com a ajuda da areia, água do mar e sabão em pó, a população tentou retirar o máximo possível de óleo do rosto do e do casco. Por volta das 18h30, a tartaruga foi colocada de volta ao mar.

“A gente não sabia muito o que fazer, não tinha nenhum órgão na região que pudesse nos dar orientações sobre o caso, ainda mais em um dia de domingo. Tentamos retirar o máximo possível de óleo dela e no fim da tarde, devolvemos ela ao mar”, explicou.

De acordo com pesquisadores da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), a costa dos Lençóis Maranhenses é uma das áreas mais importantes para as desovas de tartarugas no Oceano Atlântico. Segundo a UFMA, em 2015 foram achadas 80 tartarugas mortas e, em 2018, o número subiu para 280.

Com informações do G1 MA.

Radialista e Jornalista, Professor de Comunicação e Oratória, Locutor Publicitário e Apresentador de TV
Busca
Rádio Timbira Ao Vivo
Facebook