Publicidade

Bancada maranhense vai tentar reverter suspensão de recursos da Saúde

Resultado de imagem para bancada maranhense na camara federal

Após a divulgação de uma portaria do Ministério da Saúde que prevê a suspensão do repasse financeiro de mais de R$ 7 milhões aos municípios maranhenses de Imperatriz, São José de Ribamar Amarante do Maranhão, a bancada maranhense na Câmara Federal informou que vai trabalhar para reverter o corte da verba.

Os parlamentares devem se reunir com o ministro Ricardo Barros, ainda nesta quarta-feira, atrás de apoio para conseguir o recurso, que é destinado para o atendimento do bloco de atenção da média e alta complexidade ambulatorial e hospitalar.

Dentre os municípios, Imperatriz perderá o maior percentual, um valor de 6 milhões.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, já havia se manifestado por meio das redes sociais sobre a suspensão dos recursos, e pediu apoio da bancada federal maranhense para reverter a suspensão.

A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) também se posicionou contrária ao corte, e informou que já acionou a assessoria jurídica da federação, para questionar judicilamente a decisão do Ministério da Saúde.

Busca