Publicidade

Assembleia geral desta quinta (20) deve definir paralisação de policiais

A União de Militares Independentes – UMI espera reunir o maior número de policiais em assembleia geral da categoria, nesta quinta-feira (20), para decidir os rumos que os militares devem tomar diante da resistência do governo do estado em negociar o que vem sendo pleiteado pela categoria.

Leia também:

Polícia Militar: greve à vista

Comando da PMMA manda prender soldado

Deputado sai em defesa de policiais na ALEMA

Coronel Zanoni diz que vai “botar na rua” lideres do movimento de greve

Numa demonstração de boa vontade para discutir a pauta de reinvidicações, a greve já foi adiada por pelo menos duas vezes. Por último, o governo pediu um prazo de 5 dias para dar uma resposta, prazo que já se esgotou sem que nenhum sinal de dialógo seja dado pelo governo do estado.

Ao contrário, o que se viu foi a ameaça de “botar na rua” os líderes do movimento e a ordem de prisão para dois policiais. Diante do impasse, a ameaça de greve é real e pode se concretizar. Os militares dizem que estão esperando pelo governo até os últimos momentos antes da assembleia geral.

 

Radialista e Jornalista, Professor de Comunicação e Oratória, Locutor Publicitário e Apresentador de TV
Busca
Rádio Timbira Ao Vivo
Facebook