Publicidade

As vantagens de calar a boca

Por Glória Barreto

Você sabia que ficar calado pode lhe dar mais destaque em várias situações do dia a dia? Sim, uma pessoa que usa menos sua própria voz, tem a oportunidade de ouvir e compreender o mundo de outra maneira, podendo interpretá-lo de forma mais precisa e representativa. Seguem algumas vantagens das pessoas que fazem uso do silêncio:

Parecem mais inteligentes

Existe uma frase em provérbios 17:28 que diz “Até o insensato passará por sábio, se ficar quieto, e, se contiver a língua, parecerá que tem discernimento”. Percebe quanta verdade tem este conselho? Se você quer parecer mais inteligente do que é, fale menos.

Tem muita gente querendo fazer ouvir sua voz, mas não tem nada à acrescentar. Se falasse menos, poderia até parecer uma pessoa culta, criando aquele ar de mistério. Portanto, se não tem nada a acrescentar, boca calada! O que nos leva ao próximo item…

Erram menos

Tudo que falamos pode ser usado ao nosso favor ou contra nós. Portanto, é melhor falar pouco, mas falar bonito. Pessoas que só falam quando percebem que seu ponto de vista é necessário, são admiradas. Agora o contrário também é perigoso. Quem tem pressa em dar opinião, pode passar vergonha, porque insiste em falar do que não sabe, opinar quando não foi solicitado e torna-se motivo de piada para os demais. É o que diz este outro conselho de Salomão: “Quem responde antes de ouvir, comete insensatez e passa vergonha”.

Aprendem a ouvir

“Eu falo, mas ninguém me escuta”! Essa é uma das principais queixas das pessoas com problemas nos relacionamento familiar e/ou profissional.

Ouvir alguém que está falando demonstra respeito, consideração e habilidade mental. Quem escuta de verdade, precisa fazê-lo mais para compreender do que para responder. No entanto, um bom ouvinte tem respostas mais interessantes e elaboradas. Porque quando escuta a posição do outro ele tem argumentos para posicionar-se apoiando ou discordando. Cria a possibilidade de expor seu ponto de vista a partir do que já foi apresentado, ao mesmo tempo em que ganha tempo para desenvolver hipóteses e pontos de vista, de forma mais racional e inteligente.

Podem virar referência

Se você conseguir desenvolver a arte de ouvir, pensar antes de falar e se manifestar quando sua participação é indispensável, você adquire a fama de sábio. Apesar do sucesso aparente dos que falam em demasia, os que falam pouco, mas utilizam a fala de maneira assertiva, tendem a ser mais requisitados pois são considerados bons conselheiros.

Existem vários talentos que são valorizados e se destacam em nosso dia a dia: saber falar em público, cantar, ser organizado, bem vestido, pontual e por ai em diante. Mas todos nós, em alguma situação, precisamos desenvolver e utilizar o dom de manter a boca fechada.

 

 

 

Busca