Publicidade

Após ser notificado, Cinépolis deve expor banner informativo

A Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (Procon MA) notificou o Cinépolis no dia 13 de janeiro por pratica lesiva ao consumidor. O cinema proibia o acesso às salas de exibições a consumidores com alimentos vendidos por outros estabelecimentos. A prática, configurada como venda casada, infringe o Código de Defesa do Consumidor. A ação foi motivada por denúncias realizadas pelos consumidores, através das redes sociais do Procon-MA.

Em continuidade à ação, a partir desta quarta-feira, 25 de fevereiro, a entidade entrega em todos os cinemas do Estado, banner informativo que garante a entrada dos clientes nas salas de exibição com produtos alimentícios e bebidas adquiridos em outros estabelecimentos.

Novo banner: respeito ao consumidor

Aviso ilegal retirado

O aviso acima deverá substituir aquele retirado na primeira visita do Procon, conforme imagem ao lado, que avisava da proibição de ingressar no cinema com lanches comprados em restaurantes e lanchonetes fora da empresa. Portanto, o novo informativo deve ser afixado em local visível ao público, para assegurar que o consumidor possa, inclusive no seu momento de lazer, ter os seus direitos respeitados.

O Procon, órgão vinculado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), lembra que é importante o consumidor exercer seu direito sem esquecer que também tem deveres. Por isso, a orientação de cuidados para adentrar nas salas com alimentos de forte odor e para o descarte consciente do lixo produzido.

 

 

 

Busca