Prefeitura de São Luís

Após prisão de falso médico em Barra do Corda, Polícia investiga esquema de repasse de plantões a pessoas não habilitadas

A prisão do falso médico Keury Pereira Queiroz, 28 anos, na noite desta terça-feira, 6, no Hospital Municipal de Itaipava do Grajaú, município de Barra do Corda (Reveja AQUI), deu início a uma investigação da Polícia Civil, que visa desmontar esquema de fraude na saúde de diversos municípios do Maranhão.

Segundo denúncias, médicos estariam fechando contratos com prefeituras do interior e repassando plantões a falsos colegas de trabalho, estudantes de medicina ou pessoas formadas no exterior, mas não habilitadas a atuar no Brasil. Os plantões são supostamente pagos  com valores abaixo do que é repassado pelas prefeituras, aos verdadeiros médicos.

A prisão de Keury se deu após um policial passar mal, e desconfiar de seu atendimento:

“Uma equipe nossa estava em diligência e um policial passou mal. Ao ser atendido, ele desconfiou. Posteriormente, foi verificado e constatado os crimes”, afirmou o delegado Renilton Ferreira.

O delegado revela ainda que, além dos plantões que eram tirados, o falso médico estaria usando clandestinamente carimbos e registros de médicos regularizados, e até afastados.

Após ser preso, Keury afirmou ser formado em medicina na Bolívia, mas não passou pelo Revalida e não possui registro no Conselho Regional de Medicina (CRM). Ele pagou fiança no valor de oito salários mínimos e vai responder em liberdade.

Informações: G1

Radialista e Jornalista, Professor de Comunicação e Oratória, Locutor Publicitário e Apresentador de TV
Busca
Rádio Timbira Ao Vivo
Facebook