Publicidade

Após pressão de Dino, DNIT retoma obras de recuperação na BR-135

Dnit começa obras emergenciais na BR-135

Os serviços iniciaram nesta quarta-feira (30). Foto: O Imparcial

Após receber críticas de deputados e ser pressionado pelo governador Flávio Dino (PCdoB) – que chegou a recorrer à Justiça -, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) decidiu retomar as obras de recuperação da BR-135, que estavam abandonadas há meses.  A rodovia, que é a principal porta de entrada saída para São Luís, está tomada por buracos e sofre com a falta de infraestrutura.

Os serviços foram iniciados na manhã desta quarta-feira (30), um dia após uma reunião entre representantes do órgão e o governador do Estado, em que foi discutida a retomada das obras emergenciais da BR135, além da duplicação da rodovia e reparo da BR-222. Os trabalhos irão se concentrar inicialmente no km15 da rodovia, local onde na semana passada uma professora foi assassinada por criminosos ao ter que reduzir a velocidade do carro em que estava, por causa dos buracos na via.

No total, as obras devem se estender do km0, na saída da capital, até km199, sendo divididas em duas etapas. A primeira etapa, que vai até o km69, já está com com previsão de abertura de proposta de edital, que deve escolher a empresa responsável pelo serviço, para a próxima segunda-feira (04). O motivo seria para que a recuperação aconteça o mais rápido possível.

Durante o encontro com Dino, o coordenador geral de manutenção e restauração do DNIT, Fábio Pessoa, prometeu ainda a retomada da duplicação da BR-135, do trecho entre o Estreito dos Mosquitos e o município de Bacabeira. De acordo com o coordenador, a obra passou por dificuldades financeiras, mas que os problemas já foram solucionados.

Busca