Publicidade

Após operação envolvendo o pai, Andrea Murad some da Assembleia

AsJyC84R2ZCFu1JedMgoIMuU9JcX5YOFY7pW3Mc-8tO9-1024x768

Foto: Blog Marrapá

Causou estranheza a ausência da deputada estadual Andrea Murad (PMDB) nas sessões da Assembleia Legislativa após a deflagração da Operação Sermão aos Peixes, que resultou nos mandatos de apreensão e condução coercitiva contra o pai e ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad. A parlamentar não comparece ao plenário da Casa desde a segunda-feira (16), dia em que ocorreu a ação da PF.

Outro deputado que não tem dado as caras na Assembleia é o genro de Ricardo, Sousa Neto (PTN). O parlamentar, que permaneceu na casa de Murad durante o cumprimentos dos mandatos, também está há dois dias sem comparecer ao plenário da Casa.

A condução de Ricardo à Polícia Federal para prestar depoimento tem repercutido na Casa, apesar de nenhum deputado ter falado abertamente sobre o assunto. Acredita-se, porém, que o caso certamente será trazido à discussão pelos parlamentares de Murad.

 

Busca