Publicidade

Secretaria de Saúde desmente documento falso e garante pagamento de médicos e atendimento em UPAs

UPA-documento-falso-550x501

Documento falso circulou nas redes sociais.

Este documento acima com informações mentirosas foi distribuído criminosamente nas redes sociais dando conta de uma falsa paralisação do atendimento na UPA Itaqui-Bacana, que seria motivado por atrasos de pagamento aos profissionais de saúde que trabalhavam no Instituto Cidadania e Natureza (ICN).

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) emitiu nota em que desmentiu o factoide e confirmou o pagamento de todos os funcionários da empresa prestadora de serviço.

A Nota diz que o valor de pagamento dos médicos já foi repassado ao ICN, mas a quantia encontra-se atualmente bloqueada por ordem judicial. A ICN é acusada pela Polícia Federal de compor esquema para desviar cerca de R$ 1,2 bi da Saúde do Maranhão. A SES se comprometeu de realizar os pagamentos de todos os funcionários da empresa.

Confira abaixo na íntegra a nota emitida pela SES:

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que assumiu o pagamento de todos os funcionários do Instituto Cidadania e Natureza (ICN). A SES destaca que o valor de pagamento dos médicos já foi repassado ao ICN, e, por isso, a quantia encontra-se atualmente bloqueada por ordem judicial.

A SES já solicitou o desbloqueio da verba a fim de que esses valores sejam repassados aos prestadores de serviço e garante que nenhuma unidade de saúde da rede estadual está com atendimento suspenso ou parcialmente paralisado.

 

Busca