Publicidade

Aécio Neves não defendeu candidatura de Castelo ao Senado

Apesar da empolgação de João Castelo (PSDB) com os números da última pesquisa, o presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, em visita a São Luís nesta sexta (09), não deu nenhuma demonstração de defesa da candidatura do ex-prefeito para o Senado Federal. Aliás, Aécio deixou bem claro que a aliança com o PC do B garante apenas a indicação do deputado federal Carlos Brandão para a vaga de vice.

A informação deve refrescar um pouco a cabeça de Roberto Rocha (PSB), que até o momento figura como candidato a senador da oposição, apesar de aparecer em segundo lugar na pesquisa Exata divulgada esta semana. Havia a preocupação de Aécio Neves endossar coro em torno do nome de Castelo, seu companheiro de partido, ainda mais com o resultado da pesquisa.

Entretanto, o presidente do PSDB deixou algo no ar ao dizer que “o que nós estamos fazendo aqui, hoje, é consagrando o entendimento para que o PSDB participe com a candidatura a vice-governador na chapa do Flávio Dino. Essa é a decisão tomada pelo partido até agora, não há nenhuma outra discussão. Se ela houver, será tratada no momento oportuno”.

Declaração de Castelo também dá conta de que a questão em torno de sua candidatura ou não ao Senado não está encerrada. “Quem vai decidir é o povo”, jogou o ex-prefeito, que não está disposto a abrir mão da vaga.

 

Busca