Publicidade

Advogado Márcio Coutinho era testa de ferro de Lobão em paraíso fiscal

Márcio Coutinho e Lobão

O advogado Márcio Coutinho é a principal ligação do ex-ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, com a holding Diamond Mountain. Em reportagem do jornal “o Estado de S.Paulo” desta quinta-feira (21), o ex-dirigente da empresa, Jorge Nurkin, afirmou que Márcio representava Edison Lobão na holding. O suposto envolvimento de Edison Lobão com a Diamond é alvo de inquérito autorizado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Márcio é advogado da família de Edison Lobão, incluindo o filho dele, Edinho Lobão, de quem é amigo há muitos anos. Por meses ele foi pré-candidato a deputado federal como herdeiro do espólio da ex-deputada Nice Lobão. Desistiu após Edinho entrar na disputa pelo governo. Exerceu o cargo de secretário de Articulação Política no governo Roseana e foi o principal coordenador da campanha de Edinho em 2014.

Segundo Jorge Nurkin, depois que foi firmada sociedade com o ex-ministro Lobão, o escritório de Márcio Coutinho começou a frequentar a empresa participando de tudo, incluindo reuniões com empreiteiras e um contrato de intermediação do Grupo Rede.

Edinho Lobão reconheceu que os representantes da Diamond Mountain foram apresentados ao ex-ministro. O próprio Edinho pediu para o pai, na época ministro de Minas e Energia, que os recebesse.

Márcio Coutinho e Edinho Lobão

“O Marcio é meu amigo, meu advogado, meu parceiro em muitas coisas há muito tempo. Ele me apresentou esses caras como sendo um grande gestor de fundos privados que queriam investir no setor elétrico, comprar empresas. Eles queriam também antecipar recebíveis de fornecedores da Petrobrás. Diziam ter um fundo de R$ 4 bilhões. Eu disse: Vou apresentá-los ao ministro e o ministro bota eles para contribuir efetivamente com o setor elétrico”, afirmou Edinho.

 

 

Busca