Publicidade

Adriano Sarney reconhece sua pequenez

“Sou um deputado estadual de primeiro mandato,

não tenho grande liderança aqui nesta Casa”

SARNEY, Adriano

Adriano reconhece seu tamanho

Durante discussão com parlamentares governistas na sessão desta quinta-feira (19) na Assembleia Legislativa do Maranhão,  o deputado estadual Adriano Sarney tentou dar uma de “humilde”, mas acabou por reconhecer sua pequenez na Casa Legislativa Legislativa.

De volta aos debates após um período sabático forçado – devido às descobertas de uso de aeronaves da Secretaria de Meio Ambiente (SEMA) durante a sua campanha e do pai, o deputado federal licenciado e ministro Sarney Filho – Adriano Sarney parece meio desnorteado com o atual  momento em que vive o Maranhão.

Todos os debates em que ele se põe a fazer contraponto, acaba facilmente sendo desmentido e, às vezes, corre o risco de ser desmoralizado por parlamentares governistas que, constantemente, expõem a fraqueza e desbrio do neto do oligarca José Sarney na Assembleia Legislativa.

Diante deste cenário e atordoado com vários desmentidos em suas costas, finalmente Adriano Sarney admitiu o que todos comentam nos corredores do Parlamento Estadual: “sou um deputado estadual de primeiro mandato, não tenho grande liderança aqui nesta Casa”.

Apesar de ele mesmo reconhecer sua pequenez, Adriano Sarney tinha tudo para ser um grande deputado de oposição. Até começou bem, com certo equilíbrio, algo que já destacamos neste blog.

Adriano se diferenciava dos “deputados da família” (Andréa Murad, Sousa Neto e Edilázio) exatamente por não se perder em discursos bobos e irresponsáveis.

Notando, entretanto, que dificilmente sua família retome o comando do estado com sua tia Roseana como governadora, Adriano Sarney parece que vem perdendo o controle a cada dia e se tornando cada vez menor. Tem agido como um verdadeiro menino maluquinho.

Busca